Origem do ingrediente e obrigação do QUID? O advogado Dario Dongo responde

Caro Dário bom dia,

nossa empresa sofreu uma disputa administrativa por não ter indicado o QUID de um ingrediente do qual nos limitamos a indicar a origem, inclusive a procedência por se tratar de um cereal. O que você acha?

Obrigado, Melânia


O advogado Dario Dongo, Ph.D. em direito alimentar europeu, responde

Prezada Melânia bom dia,

a indicação de origem ou proveniência dos ingredientes - na rotulagem e publicidade de produtos alimentares - tem sido promovida com destaque, nas últimas duas décadas, a nível nacional e europeu. o Regulamento de Informações sobre Alimentos na verdade, também estendeu sua obrigatoriedade, para a generalidade dos alimentos, à ocorrência de determinadas condições. (1)

LIBRA, Declaração Quantitativa de Ingrediente

a indicação a quantidade do ingrediente no rótulo é prescrita, como vimos, em relação aos ingredientes individuais que:

a) aparecem no nome do alimento (por exemplo, ravioli com ricota e espinafre) ou são geralmente associados a esse nome (por exemplo, batata - nhoque), ou

b) são destacados na rotulagem por palavras, imagens ou uma representação gráfica (por exemplo, 'com mancha'), ou

c) são essenciais para caracterizar um alimento e distingui-lo de produtos com os quais possa ser confundido por sua denominação ou aparência. (2)

QUID, significado e isenções

A Comissão Europeia - nas orientações sobre a aplicação do QUID - indicou, por sua vez, que a obrigação de indicar o QUID se aplica, portanto,'apenas se duas condições forem cumpridas cumulativamente: o ingrediente ou categoria de ingredientes deve ser essencial

- caracterizar os alimentos, e

- para distingui-lo de produtos com os quais possa ser confundido devido à sua denominação ou aparência'. (3)

Origem do ingrediente e QUID

a origem o origem de um ingrediente - tanto no caso de indicação obrigatória quanto voluntária no rótulo - atende às expectativas do consumidor quanto à integridade territorial de uma cadeia produtiva.

A escolha do consumidor está, portanto, associado a um valor - por exemplo. pão, massas, 100% tomate em conserva Made in Italy - independentemente de sua quantidade no produto acabado.

Confirmando desta suposição é anotado como o reg. EU 2018/775 - na prescrição indicar a origem ou proveniência diferente do ingrediente primário, quando diferente dofeita emindicado - não se refere de forma alguma à obrigação de indicar o QUID.

Conclusões provisórias

A notícia a 'nacionalidade' ou 'regionalidade' de um ou mais ingredientes não é, por si só, suficiente, na opinião do autor, para desencadear a obrigação de indicação da quantidade. Sem prejuízo da hipótese em que o produto contém o mesmo ingrediente com origens ou proveniências diferentes e se orgulha de um ou mais deles. (4)

O contrário, a exibição da quantidade de um ingrediente com a justificativa de ter indicado sua origem ou proveniência pode constituir uma prática de informação desleal. (5) Na medida em que esta informação sugere que o produto possui características particulares, quando são comuns a todos os produtos da mesma categoria.

Cordialmente

Dario

Nota

(1) Origem das matérias-primas, reg. UE 2018/775. O advogado Dario Dongo responde. FAZ (Requisitos Alimentares e Agrícolas). 5.9.19,

(2) Reg. UE 1169/11, artigos 9.1.d, 22. V. Dario Dongo. Lista de Ingredientes, ABC. PRESENTE (Grande comércio de comida italiana). 6.3.18,

(3) Comunicação da Comissão sobre a aplicação do princípio da declaração da quantidade de ingredientes (QUID). 2017/C 393/05. Ver pontos 2.9 e 2.14. https://bit.ly/3zf9AFX

(4) Os rótulos e a publicidade das massas De Cecco, por exemplo, contam com a presença de grãos da Itália, Califórnia e Arizona. Nesse caso, o consumidor tem uma expectativa razoável de informações mais transparentes e precisas, além de verdadeiras. Ver artigo 'Filippo Antonio De Cecco, maxi-fraude na origem do trigo. A palavra ao GIP de Chieti'. PRESENTE (Grande comércio de comida italiana). 8.4.21,

(5) Em violação do reg. UE 1169/2011, art. 7.1.c



Translate »